CACHAÇA

According to Wikipedia, "cachaça comes from cane sugar fermented juice's destilation, with an alcohol concentration between the 38 and 51 per cent." There are uncountable varieties, even a blue one which looks more like poison than drink to me. My favourite one is the Gabriela, made with cinnamon and honey.
 

The most famous cocktail with cachaça, prepared no matter how where I come from, is the caipirihna:
 

RECIPE: TARRAGONA'S CAIPIRIHNA:

- 1 lime
- 75 ml Cachaça
- 2 spoonfulls of sugar
- Ice

1. Cut the lime and remove the white center, it's bitter.
2. Crush the lime with the sugar in the cocktail shaker.
3. Add the cachaça and crushed ice, and shake vigorously until the shaker gets impossibly cold.

Cachaça is part of Brazilian's life as wine is of the French or beer to the German. Jorge Amado's characters spend the day drinking their cachaça drinks at the bar (like in "The Night Sheperds"), and other writers have even writen specifically about it:

Saudade, tenho saudade / Da terra onde nasci / Saudade duma aguardente / Da cachaça que eu bebí /
A cachaça é minha prima / O vinho meu primo irmão / A cachaça eu bebo em copo / O vinho em garrafão. /
Eu não gosto da cachaça / E o vinho não posso ver / Quando eu pego na garrafa / Deixo os outros sem beber /
Uma moça me pediu / Que eu deixasse de beber / Eu de beber eu não deixo / De um porre eu quero morrer /
No fundó de um alambique / Vou fazer a sepultura / Que mesmo depois de morto / Quero viver na fartura /
Da garrafa eu faço a vela / Da pipa faço caixão / Do funil faço a mortalha / Me botem copo na mão /
Quando eu morrer ninguém chora / Quem chora são as garrafas / Eu quero que o povo diga / Morreu o pai da cachaça.


Popular verse.